O que causa afta: transmissão e tratamento

Quem nunca percebeu que tinha algo de errado quando comeu aquele alimento mais ácido e sentiu um incômodo na boca? É o primeiro sintoma da afta se manifestando. Mas será que esse problema esconde alguma outra doença mais grave?

O que causa afta

A afta é uma úlcera de tamanho bem pequeno que aparece na cavidade oral. Com mais frequência na língua, gengiva e mucosa da boca, as lesões não costumam ultrapassar 1 cm de diâmetro. No entanto, apesar do tamanho reduzido, o problema também merece atenção.

O surgimento das aftas pode estar relacionado a inúmeros fatores, que vão desde a carência de higiene oral até queda do sistema imunológico, confira as principais causas:

  • Escovação excessiva
  • Fatores genéticos
  • Sistema imunológico debilitado
  • Carência de vitamina B12
  • Doenças inflamatórias do sistema digestivo, como refluxo.
  • Uso do aparelho ortodôntico
  • Estresse emocional
criança com afta na boca
Com coloração branca ou amarelada, as aftas possuem a borda avermelhada.

Sintomas

Antes de identificado o que causou a afta, os sintomas podem aparecer um ou dois dias antes da lesão surgir. É comum a pessoa sentir ardor ou um tipo de queimação na região afetada. Quando as aftas aparecem em grande número, pode ser difícil engolir alimentos e até mesmo líquidos. O principal sintoma das lesões na boca causadas pela afta é a dor, principalmente em contato com alimentos cítricos, como abacaxi e limão por exemplo. No entanto, podem surgir outros, fique atento caso apareçam:

  • Leve sangramento na região da afta
  • Queimação e vermelhidão
  • Ressecamento 
  • Perda de paladar

Caso os sintomas permaneçam por mais de 10 dias acompanhados de febre, indisposição e inchaço dos linfonodos, deve haver uma investigação mais profunda pelo dentista.

mulher chupando limão com cara feia
Ardência e desconforto ao ingerir alimentos cítricos são sintomas da afta


Afta pega?

Muitas pessoas chegam a confundir a ferida da afta com a da herpes. No entanto, uma não tem nada a ver com a outra.Apesar de não ser transmitida pelo beijo, é recomendado evitar até o desaparecimento da lesão na boca, fato que ocorre entre 7 a 10 dias. Isso porque, em alguns casos a afta pode apresentar sangramentos e irritação mais grave.

Tratamento para a afta

Se as lesões se restringirem à boca, um exame físico poderá ser suficiente para realizar o diagnóstico. Se houver alguma dúvida, a realização de biópsia pode ser indicada.

Para saber se algum problema mais grave está causando as aftas, alguns exames de sangue podem ser solicitados para identificar as causas. Mas se caso o médico ou dentista identificar uma afta regular, algumas precauções para o tratamento vão ser solicitadas para o paciente, como: evitar alimentos ácidos ou muito condimentados e escovar os dentes suavemente. Também ajuda quebrar pequenos pedaços de gelo e deixá-los dissolver na boca, como forma de aliviar a irritação.

Se identificou com esse problema?

Que tal agendar uma avaliação sem compromisso? É fácil, estamos no centro de Belo Horizonte


Deixe um comentário