Implantodontia

A implantodontia tem como função resolver os problemas envolvendo a perda de dentes, valorizando a estética e a biomecânica.

Ela atua oferecendo as mesmas soluções de uma prótese dentária, mas, diferente desta, a implantodontia utiliza parafusos de titânio. Eles são integrados aos ossos bucais, servindo de base para a prótese que será implantada a seguir. Com isso, uma das principais preocupações dessa área é na reestruturação da estrutura da boca dos pacientes que possuem perda de dentes, sejam elas parciais ou totais.

Outro ponto importante são as técnicas reconstrutivas de enxertos ósseos, que são usadas em caso de acidentes e problemas mais sérios na região bucal. A prótese é a peça que vai substituir dentes que foram perdidos ou que estão ausentes. É uma questão de estética, mas, principalmente, de conservação da estrutura bucal, visando sempre a reestruturação de funções, como a mastigação e a fonética.

São dois tipos básicos de prótese: as removíveis e as fixas.

As removíveis podem ser retiradas quando o paciente desejar, sendo que o caso mais comum são as dentaduras.

Já as próteses fixas, podem ser presas através de colagem, que só é retirada pelo próprio dentista Em caso de implantes dentários, essa fixação é realizada através de próteses parafusadas. São exemplos dessa técnica as coroas e as pontes.

Quer saber mais sobre Implantodontia? Então leia nosso e-book “Implante Dentário: o que é, como é feito, tipos, benefícios e pós operatório".

Quer agendar uma consulta na CliCenter? Basta clicar AQUI e deixar seus dados que entraremos em contato com você.